CULTURA & TRADIÇÃO: COSTUMES & LEIS - "QUE SEJA FEITA A JUSTIÇA DO REI!"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

CULTURA & TRADIÇÃO: COSTUMES & LEIS - "QUE SEJA FEITA A JUSTIÇA DO REI!"

Mensagem por Mão do Rei em 16.04.15 18:52

SOBRE CAVALEIROS E RUFIÕES

As histórias de Westeros são sobre cavaleiros, heróis lendários e vilões infames.
São sobre lealdade e nobreza.
As espadas juradas de seus lordes e os filhos da nobreza.
Podem defender os fracos, os plebeus ou podem estuprar, pilhar e arruinar campos.
O realismo é importante, pois o mundo continua girando mesmo que você não esteja no centro dos acontecimentos.
E a morte vem rapidamente para muitos.
O Status social dita que o nascimento pode abrir um mundo de oportunidades - ou negá-las para sempre.
A legitimidade dos filhos. As linhas sucessórias e a herança são assuntos de importância vital.
A rica mitologia e história começam a se tornar mais e mais reais à medida que elementos fantásticos ressurgem.
Uma Canção de gelo & Fogo - Game of Thrones - é sobre Cavaleiros.....e Dragões.




A Guerra dos Tronos RPG - pág. 23

avatar
Mão do Rei
Admin

Mensagens : 54
Data de inscrição : 02/04/2015

Ver perfil do usuário http://gameofthronesrpg.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

LEI É LEI

Mensagem por Mão do Rei em 20.04.15 13:52

"O homem que dita a sentença deve manejar a espada. Se tirar a vida de um homem, deve olhá-lo nos olhos e ouvir suas últimas palavras. E se não conseguir suportar fazê-lo, então talvez o homem não mereça morrer."
Eddard Stark

A Era mais recente dos Sete Reinos de Westeros remonta a Aegon, o Conquistador, estende-se por 300 anos, mas a história de muitos castelos e famílias de Westeros tem início milênios atrás. A seguir as leis mais importantes e difundidas de Westeros:

  • A AUTORIDADE PARTE DO REI, QUE SE ACREDITA RECEBER PODER DOS DEUSES, SEJAM OS NOVOS OU OS VELHOS.

"Em Pedra do Dragão, onde os Targaryen governavam há muito tempo, os plebeus viam seus belos governantes estrangeiros como deuses. Muitas donzelas defloradas por senhores Targaryen se consideravam abençoadas se uma "semente do dragão" fosse plantada em seus úteros."
O Mundo do Gelo & Fogo - pág. 75


  • A NOBREZA TEM MAIS DIREITOS E RESPONSABILIDADES DO QUE A PLEBE. A NOBREZA NASCE EM SUA POSIÇÃO POR DESEJO DOS DEUSES.


  • OS HOMENS TÊM MAIS DIREITOS QUE AS MULHERES (EXCETO EM DORNE, ONDE A IDADE É O FATO DETERMINANTE).



"A "regra dos seis", agora parte da lei comum, foi estabelecida por Rhaenys Targaryen, quando ela ocupava o Trono de Ferro, enquanto o Rei estava em uma de suas viagens. Uma petição foi feita pelos irmãos de uma mulher que fora espancada até a morte pelo marido, depois que ele a pegou com outro. Ele se defendeu, com razão, observando que era legítimo que um homem castigasse uma esposa adúltera (o que era verdade, embora, em Dorne, as coisas fossem diferentes), desde que usasse uma vara cuja espessura não fosse maior que um polegar. Contudo, batera nela uma centena de vezes, segundo os irmãos da mulher, e isso ele não negava. Depois de deliberar com os meistres e septões, Rhaenys declarou que, embora os deuses tivessem feito as mulheres para serem obedientes aos maridos, podendo, portanto, ser legalmente espancadas, apenas seis golpes deveriam ser dados - um para cada um dos Sete, exceto o Estranho, que era a morte. Por esse motivo, ela declarou que noventa e quatro golpes do marido tinham sido ilegais e concordou que os irmãos da mulher morta podiam descontar esses golpes no marido."
O Mundo do Gelo & Fogo - pág. 75



  • OS FILHOS DA NOBREZA HERDAM OS MESMOS DIREITOS DE SEUS PAIS, A MENOS QUE SEJAM BASTARDOS. BASTARDOS (FILHOS FORA DO CASAMENTO) PODEM SER RECONHECIDOS POR SEUS PAIS, E PODEM ATÉ MESMO RECEBER DIREITO DE HERANÇA, MAS PERDEM PARA IRMÃOS LEGÍTIMOS EM TODOS OS CASOS.



  • A LEI DA HEREDITARIEDADE É UM ASSUNTO CRUCIAL ENTRE A NOBREZA. FILHOS HOMENS PRIMOGÊNITOS SÃO OS HERDEIROS LEGÍTIMOS, SEGUIDO POR SEUS IRMÃOS HOMENS. IRMÃS HERDAM APENAS SE NÃO HOUVER FILHOS HOMENS.



  • O LORDE DE UMA REGIÃO É A AUTORIDADE MAIOR, E PODE FAZER VALER A JUSTIÇA DO REI. É DEVER DO LORDE MANTER A PAZ, OUVIR PETIÇÕES E DISTRIBUIR PUNIÇÕES, TUDO EM NOME DE SEU SENHOR E, EM ÚLTIMA ANÁLISE, EM NOME DO REI.



  • PUNIÇÕES PARA CRIMINOSOS INCLUEM MUTILAÇÕES, MORTE E PERDA DA RIQUEZA, TERRAS E TÍTULOS. UMA PUNIÇÃO ALTERNATIVA É SER FORÇADO A "VESTIR O NEGRO" NA MURALHA. JUNTANDO-SE A PATRULHA DA NOITE UM CRIMINOSO RECEBE PERDÃO POR TODOS OS SEUS CRIMES E PECADOS, MAS DEVE ABRIR MÃO DE TODAS AS TERRAS E DIREITOS E FICAR PARA SEMPRE JURADOS À IRMANDADE DA PATRULHA DA NOITE. MULHERES NÃO PODEM VESTIR O NEGRO.



  • CALABOUÇO E CADAFALSO: LORDES TÊM O DIREITO  E A AUTORIDADE DO REI PARA APRISIONAR SÚDITOS OU EXECUTÁ-LOS NO CASO DE UM CRIME QUE VALHA ESSA PUNIÇÃO.



  • CAVALEIROS COM TERRAS TAMBÉM PODEM FAZER VALER A JUSTIÇA DO REI, PORÉM NÃO TÊM O DIREITO DE "CALABOUÇO E CADAFALSO". NÃO PODEM EXECUTAR OU APRISIONAR ALGUÉM POR INICIATIVA PRÓPRIA.



  • SEGUNDO A TRADIÇÃO DOS PRIMEIROS HOMENS, O HOMEM QUE DECRETA A SENTENÇA DEVE OLHAR NOS OLHOS DO ACUSADO E OUVIR SUAS ÚLTIMAS PALAVRAS E DEVE BRANDIR A ESPADA PARA EXECUTÁ-LOS. O POVO DO NORTE AINDA SE APEGA A ESTA CRENÇA, MAS NO SUL OS LORDES MUITAS VEZES EMPREGAM UM EXECUTOR, COMO A JUSTIÇA DO REI.



  • PUNIÇÕES COMUNS: UM LADRÃO PODE PERDER A MÃO, UM ESTUPRADOR PODE SER CASTRADO E AÇOITAMENTOS SÃO UTILIZADOS PARA OFENSAS MENORES.



  • A MAIOR PARTE DAS EXECUÇÕES É FEITA POR FORCA OU PELA ESPADA/MACHADO DO EXECUTOR, MAS SENHORES CRUÉIS PODEM USAR A "GAIOLA DOS CORVOS", UMA JAULA DE METAL QUE MAL ACOMODA UM HOMEM, NA QUAL A VÍTIMA FICA PRESA SEM COMIDA OU ÁGUA, ATÉ A MORTE. SEU NOME ORIGINA-SE DOS BANDOS DE CORVOS QUE MUITAS VEZES DESCEM SOBRE A POBRE ALMA, BICANDO SUA CARNE ATRAVÉS DAS GRADES."



  • O REI PODE PERDOAR QUALQUER CRIMINOSO.



  • UM LORDE ACUSADO DE UM CRIME PODE REQUISITAR UM JULGAMENTO POR LORDES OU EXIGIR UM JULGAMENTO POR COMBATE.



  • A MAIORIDADE CHEGA AOS 16 ANOS PARA OS HOMENS, MAS UM JOVEM PODE RECEBER RESPONSABILIDADES MAIS JOVENS POR SER "QUASE UM HOMEM FEITO".



  • PARA AS MULHERES, A MAIORIDADE GERALMENTE CHEGA MAIS CEDO, APÓS A PRIMEIRA MENSTRUAÇÃO - O SANGUE LUNAR.



  • VOTOS DE CASAMENTO NORMALMENTE NÃO SÃO PROFERIDOS ATÉ A IDADE ADULTA, EMBORA NÃO HAJA LEI QUE PROÍBA ISSO. OS NOBRES FREQUENTEMENTE PROMETEM SEUS FILHOS MUITO CEDO, E ÀS VEZES É DE IMPORTÂNCIA POLÍTICA CRUCIAL CASAR FILHOS ANTES DOS 16 ANOS. A DESPEITO DISSO NINGUÉM IRIA SE DEITAR COM UMA GAROTA ANTES DE SEU PRIMEIRO SANGUE LUNAR. ISTO É IMENSAMENTE REPUDIADO E VISTO COMO PERVERSO E PROFANO.



  • NINGUÉM PODE SER FORÇADO A SE CASAR SE RECUSAR-SE A PROFERIR OS VOTOS, EMBORA A PRESSÃO FAMILIAR E AS AMEAÇAS FÍSICAS SEJAM COMUNS PARA INCENTIVAR.



  • CONTRATOS DE CASAMENTO PODEM SER DESFEITOS SE O CASAMENTO NÃO FOI CONSUMADO.



  • PROTEGIDOS: SÃO REFÉNS POLÍTICOS MANTIDOS EM OUTRAS CASAS. EMBORA POSSAM SER BEM TRATADOS, UMA SOMBRA DO VERDADEIRO SIGNIFICADO DE SUA PERMANÊNCIA SEMPRE PAIRA.




Guerra dos Tronos RPG - pág. 24



avatar
Mão do Rei
Admin

Mensagens : 54
Data de inscrição : 02/04/2015

Ver perfil do usuário http://gameofthronesrpg.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

COSTUMES

Mensagem por Mão do Rei em 20.04.15 16:05

HOSPITALIDADE

"O Cozinheiro Ratazana tinha feito com o filho do rei ândalo um grande empadão com cebolas, cenouras, cogumelos, montes de pimenta e sal, uma fatia de bacon e um escuro vinho tinto de Dorne. Depois, serviu-o ao pai dele, que elogiou o sabor e pediu para repetir. Foi ali que o Cozinheiro Ratazana serviu ao rei ândalo seu empadão de príncipe e bacon. Foi ali que o Cozinheiro Ratazana cortou o príncipe em pedaços. Ele assou o empadão num daqueles fornos...Mais tarde, os deuses transformaram o cozinheiro numa monstruosa ratazana branca que só podia comer os próprios filhos. Desde então, vagueava por Fortenoite, devorando os filhos, mas sua fome ainda não estava saciada.  Não foi por assassinato que os deuses o amaldiçoaram - dizia a Velha Ama - nem por servir ao rei ândalo o filho num empadão. Um homem tem direito à vingança. Mas matou um hóspede sob o seu teto, e isso os deuses não podem perdoar."

Brandon Stark

Considerada uma lei antiga e sagrada que data dos Primeiros Homens, a tradição da Hospitalidade ainda é mantida em Westeros.

Direito de Hóspede: Qualquer visitante que coma sob o teto de seu anfitrião está protegido enquanto permanecer. Por costume, um hóspede pode requisitar pão e sal, e qualquer visitante que não confie em seu anfitrião pode pedir isso imediatamente ao chegar. Diz-se que aqueles que traem esse pacto são amaldiçoados pelos deuses.

CASAMENTO

A cerimônia tradicionalmente é realizada pela família da Noiva.

Após o casamento, a mulher passa a utilizar o sobrenome da família do marido.

Aqueles que seguem os Sete são casados por um Sptão, enquanto que aqueles que seguem os velhos deuses podem proferir seus votos sob uma árvore mística, um represeiro.

Votos de Casamento: "Na presença dos sete, agora selo essas duas almas, ligando-as como uma, pela eternidade. Olhem um ao outro e digam as palavras." - Mestre da Cerimônia.

Casal diz juntos:
"Pai, Ferreiro, Guerreiro, Mãe, Donzela, Senhora, Estranho.
Eu sou dela, e ela é minha.
Eu sou dele, e ele é meu.
deste dia em diante, até o fim dos meus dias."

BASTARDOS

Bastardos são vistos com desconfiança: filhos da luxúria e da mentira. Muitos acreditam que bastardos jamais crescem para fazer o bem. Cada região tem um nome distinto para bastardos nobres.

NORTE: Snow
O VALE DE ARRYN: Stone
AS TERRAS OCIDENTIAS: Hill
AS TERRAS TEMPESTUOSAS: Storm
O EXTREMO: Flowers
AS TERRAS FLUVIAIS: Rivers
AS ILHAS DE FERRO: Pyke
PORTO DO REAL: Waters
DORNE: Sand

TÍTULOS

O REI NO TRONO DE FERRO: É o maior dentre os nobres, cavaleiros e povo comum. O Rei no Trono de Ferro alega possuir autoridade política e divina sobre todos os vassalos e todos os Sete Reinos.

Forma de Tratamento: Vossa Graça.

NOBREZA: Ao contrário do feudalismo europeu no qual havia condes, duques e marqueses, em Westeros há apenas senhores, alguns grandes e outros pequenos. A única exceção cabe aos senhores de Dorne que recebem o título de Príncipe devido à sua herança roinar. Os senhores das Grandes Casas ficam no topo, mantendo o domínio sobre uma das nove regiões dos Sete Reinos, e estão abaixo apenas do rei. É de responsabilidade do senhor governar a terra, manter a paz do rei, ser juiz dos assuntos locais e coletar seus impostos e os impostos reais.

Forma de Tratamento: Lorde.

MÃO DO REI: A Mão do Rei é o principal conselheiro do Rei, e executor de seus comandos nos Sete Reinos. Os deveres da Mão incluem comandando os exércitos do Rei, elaborar leis, aplicar a justiça e, de forma geral, administrar o dia-a-dia do Reino. A Mão pode atuar em nome do Rei quando ele estiver indispoto, e sentar no Trono de Ferro quando o fizer. A Mão também senta no pequeno conselho e o presidirá caso o Rei não se faça presente.
O posto tipicamente faz a Mão o segundo homem mais poderoso do Reino, atrás apenas do Rei, apesar de que algumas Mãos tiveram a fama de controlar seus Reis. É considerado um trabalho difícil, pouco glorioso e de imensa responsabilidade. Homens muito capazes já falharam neste posto no decorrer da história. A Mão reside na Fortaleza Vermelha na Torre da Mão. Cada Mão escolhe seu próprio emblema, mas todos incluem uma mão. Um colar com elos em forma de mãos é um dos distintivos possíveis. Os criados da Mão também usam mãos como seus emblemas.
Um ditado afirma que "O que o Rei sonha, a Mão constrói", mas a plebe diz "Enquanto o Rei come, a Mão limpa a merda".

Forma de Tratamento: Lorde Mão.

O PEQUENO CONSELHO: O pequeno conselho é um pequeno grupo de consultores do Rei dos Sete Reinos em matérias de política e em suas áreas de especialidade. Não se sabe quando o primeiro conselho se reuniu, mas muito provavelmente se deu durante a Dinastia Targaryen. O conselho é presidido pelo Rei, que é o único que pode tornar leis as decisões do conselho. Em sua ausência, o papel recai para a Mão do Rei, ou ao Regente se o Rei é muito novo.
Os membros do conselho são indicados pelo Rei conforme sua vontade, um direito usado livremente em tempos de guerra e conflito. Tradicionalmente, entretanto, ao que parece, o conselho consiste de sete membros permanentes, segundo a tradição Ândala e da Fé dos Sete, com posições reservadas para:
Mão do Rei
Mestre da Moeda, chefe do Tesouro e das finanças.
Mestre das Leis, controla o sistema de lei e justiça.
Mestre dos Sussurros, o mestre dos espiões, chefe da inteligência.
Mestre dos Navios, controla a navegação e comanda as esquadras reais.
Grande Meistre, principal conselheiro nas áreas do saber e da cultura.
Lorde Comandante da Guarda Real, principal conselheiro sobre a segurança do Rei.

LORDE COMANDANTE DA GUARDA REAL: Lorde Comandante da Guarda Real é o título dado ao chefe da Guarda Real, sendo, na maioria das vezes, seu membro mais antigo. É escolhido pelo Rei, geralmente a partir dos atuais cavaleiros da Guarda. É membro do pequeno conselho.

ALTO SEPTÃO: O Alto Septão é o chefe da Fé dos Sete. Historicamente, o Alto Septão comandava do Septo Estrelado em Vilavelha. Porém, após a invasão de Aegon, o Conquistador, o Alto Septão daquela época deu seu apoio para Aegon e foi, eventualmente, realocado para a nova capital, Porto Real.
A escolha de um novo Alto Septão tradicionalmente cabe aos Mais Devotos, mas as vontades dos Reis Targaryen anteriores já influenciaram nas suas escolhas, principalmente durante o reino de Baelor, o Abençoado, que escolheu um pedreiro e, mais tarde, uma criança de oito anos para o cargo.
Altos Septões usualmente usam uma grande coroa feita de cristal enquanto executam suas funções. O Alto Septão e os Mais Devotos se reúnem no Grande Septo de Baelor em Porto Real.
Um novo Alto Septão leva a outro nível a tradição dos septões de deixarem seus nomes de família, renunciando também qualquer outro nome que ele possua. Isso se dá pela crença de que, quando um indivíduo se torna Alto Septão, deixa de ser homem e se torna um avatar dos deuses. Mas isso gera um problema ao distinguir os Altos Septões uns dos outros; por isso, eles acabam sendo reconhecidos por suas características, como "o pedreiro" ou "o gordo" ou o "que veio antes do gordo".

GRANDE MEISTRE: O Grande Meistre é considerado o membro de posição mais elevada da Ordem e serve como seu representante para o Rei. Ele só pode ser feito ou desfeito Grande Meistre pelo Conclave [1]. Ele tem seu lugar no pequeno conselho e age como o conselheiro do Rei. O Grande Meistre usa muitas correntes de meistre entrelaçadas, mas estas não refletem seus verdadeiros estudos. Suas correntes são adornadas por gemas.

Forma de Tratamento: Grande Meistre.

PROTETORES: O título de Protetor possui uma natureza estritamente militar, não carregando nenhuma conotação de suserania. O rei nomeia protetores para cada região para atuarem como líderes militares máximos, responsáveis pela defesa de suas respectivas regiões em caso de invasões estrangeiras. Essa nomeação evita indecisão ou qualquer tipo de disputa por poder entre os lordes mais poderosos no comando do exército, uma vez que o rei escolheu aquele que terá superioridade entre os outros.
Em tempos de paz, este título não passa de uma honraria. Sua aplicação prática foi rara desde a Conquista Targaryen, sendo necessária a quatro décadas atrás durante a Guerra dos Reis de Nove Moedas. Não obstante, este título carrega prestígio e honra significantes. A tradição diz que cada título é dado ao lorde de uma determinada Casa, mas é direito do rei atribuí-lo à qualquer outro de sua escolha. Ainda assim, isso costuma ocorrer apenas quando o titular tradicional morre e seu herdeiro não possui idade suficiente para tanto, embora, em tempos de turbulência, essa honra também poderá ser passada à alguém que goza de favores reais.

Os quatro principais Protetores:
Protetor do Norte Tradicionalmente ostentado pela Casa Stark, Lordes de Winterfell.
Protetor do Leste Tradicionalmente ostentado pela Casa Arryn, Lordes do Ninho da Águia.
Protetor do Oeste Tradicionalmente ostentado pela Casa Lannister, Lordes do Rochedo Casterly.
Protetor do Sul Tradicionalmente ostentado pela Casa Tyrell, Lordes de Jardim de Cima.

CAVALEIROS: Os cavaleiros compõe a chamada baixa nobreza, sendo que alguns são cavaleiros com terras, possuindo uma fortaleza e terras para administrar. Tais cavaleiros possuem seus próprios camponeses e homens de armas, e alguns até tem cavaleiros em seu serviço. Os cavaleiros com terras são vassalos do senhor cujo em cujo domínio suas terras estão.
Embora alguns cavaleiros com terras possuam domínios maiores do que alguns senhores pobres, eles não tem autonomia para exercer a justiça com seus camponeses, tendo de apelar ao seu suserano.

Forma de Tratamento: Sor.

LORDE COMANDANTE DA PATRULHA DA NOITE: Lorde Comandante da Patrulha da Noite é o título dado ao comandante da Patrulha da Noite, sendo este a autoridade final e supervisiona toda a ordem. Qualquer homem da Patrulha da Noite pode ser eleito ao cargo. Um Senhor Comandante serve em seu posto até o dia que morre, quando um novo Comandante é eleito pelos irmãos juramentados da Patrulha da Noite.

Forma de Tratamento: Lorde Comandante.


Última edição por Rei dos Sete Reinos em 02.05.15 18:23, editado 4 vez(es)
avatar
Mão do Rei
Admin

Mensagens : 54
Data de inscrição : 02/04/2015

Ver perfil do usuário http://gameofthronesrpg.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

TECNOLOGIA

Mensagem por Mão do Rei em 20.04.15 16:13


Em geral, Westeros pode ser visto como um mundo medieval parecido com a Europa medieval dos séculos XIII a XV, embora sem qualquer sinal de pólvora.

Alguns objetos e dispositivos mais comuns que podem ser encontrados como parte da civilização em Westeros:


  • Vidro de várias qualidades, desde vidro com chumbo até vitrais coloridos ou lentes para telescópios - chamados olhos longínquos - e espelhos de prata batida.


  • Mapas das estrelas e planetas.


  • Roupas feitas de tecidos como algodão, linho, lã e seda. Vestidos elaborados com ornamentos de rendas e pedras preciosas são comuns para damas e nobres.


  • Tinturas de muitas cores; até mesmo o metal pode ser colorido.


  • Braseiros de ferro e lamparinas a óleo.


  • Correntes forjadas de bronze, cobre, chumbo, ferro, aço, latão, estanho, platina e ouro.


  • Armas de Cerco incluindo catapultas, trabucos, manganelas, cospe-fogos e escorpiões. Alguns são montados em navios de guerra, outros são grandes demais para serem movidos.


  • Armadura de placas de ótima qualidade, muitas vezes com elmos e símbolos heráldicos fantásticos.


  • Galés de dois mastros, equipadas com até 60 remos, e navios de guerra de quatro conveses e 400 remos.


  • Arcos longos e bestas pesadas.


  • Corvos são treinados para levar mensagens e usados como meios de comunicação através de Westeros.



Última edição por Rei dos Sete Reinos em 22.04.15 20:39, editado 1 vez(es)
avatar
Mão do Rei
Admin

Mensagens : 54
Data de inscrição : 02/04/2015

Ver perfil do usuário http://gameofthronesrpg.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

FÉ & RELIGIÃO

Mensagem por Mão do Rei em 20.04.15 16:14

OS DEUSES ANTIGOS

Os deuses antigos são espíritos da natureza, sem nome, que são principalmente adorados no Norte embora ainda haja adeptos dessa religião nas regiões do sul.
Foram primeiramente adorados pelos crianças da floresta, mas os Primeiros Homens se afastaram das suas crenças anteriores em favor dos espíritos adorados pelas crianças.
Quando os Ândalos (que vieram do oeste) conquistaram o sul de Westeros, eles trouxeram com eles a sua Fé dos Sete (fé nos Sete deuses).

Os espíritos foram então apelidados de Deuses Antigos e a prática do seu culto tornou-se limitada ao norte de Westeros.
A religião dos Deuses Antigos não tem organização, clero, nem movimentos evangélicos ou os textos sagrados, mas algumas tradições são passadas adiante por seus seguidores.
Várias ações, tais como o incesto e o fratricídio, são consideradas ofensivas aos deuses.

Existem florestas sagradas, onde crescem “árvores divinas” chamadas represeiros. Essas árvores possuem protuberâncias que se assemelham a rostos e olhos esculpidos por onde escorre seiva vermelha. As orações, juramentos  e os casamentos são muitas vezes realizadas na floresta sagrada.
Acredita-se que os rostos foram esculpidos nos represeiros pelos  filhos da floresta, mas o seu significado ou propósito não é completamente compreendido pelos homens.

Antigamente todas as casas nobres tinham um floresta divina com um represeiro em seu centro, mas muitas famílias deixaram de seguir os deuses antigos e converteram suas florestas divinas em jardins seculares.


OS SETE

Foi trazida para Westeros pelos Ândalos, suplantando o culto local dos Deuses Antigos. Foi trazida para Westeros pelos Ândalos, suplantando o culto local dos Deuses Antigos. A Fé dos Sete é uma religião onde se venera uma divindade com sete aspectos (ou faces). A Fé dos Sete é a religião oficial dos Sete Reinos e está fortemente integrada às suas leis e cultura.

Os Sete
Na Fé se adora os Sete, uma única divindade com sete aspectos ou faces, cada um representando uma virtude diferente.
Os devotos oram aos aspectos específicos do Sete, pedindo ajuda e orientação de acordo com sua necessidade.
As sete faces são:
* Pai (Father), o que representa julgamento, ele carrega balanças e é evocado por aqueles que pedem justiça.
* Mãe (Mother), representa a maternidade e o carinho, ela clamada para aqueles que necessitam de fertilidade ou compaixão.
* Guerreiro (Warrior), representa a força na batalha, é clamado por aqueles que pedem a vitória.
* Virgem (Maiden), representa a inocência e a castidade, ela é geralmente evocada para proteger as virtudes de uma donzela.
* Ferreiro (Smith), representa o artesanato e o trabalho, é geralmente evocado por aqueles que precisam concluir um trabalho.
* Senhora (Crone), representa a sabedoria, ela carrega uma lanterna e é evocada quando se precisa de orientação.
* Estranho (Stranger), uma exceção para os outros aspectos, representa a morte e o desconhecido. Adoradores raramente procuram o favor do estranho, mas às vezes marginalizados se associam a este deus.


Práticas
A fé tem um grande número de ensinamentos morais. Condena o jogo, a bastardia, amaldiçoa coisas como incesto e fratricídio.
Um dos santos textos centrais da Fé é a Estrela de Sete Pontas, que é dividido em seções como o evangelho. Cada um dos Sete tem seu próprio livro. Durante os julgamentos por combate , os Sete devem intervir do lado do combatente apenas. Para se tornar um cavaleiro, um escudeiro deve passar uma noite em vigília em um Septo e ser ungido em nome dos Sete. Por esta razão, há poucos cavaleiros em áreas onde a Fé não é mantida, como o Norte .

O número sete é considerado sagrado para a fé. Ela afirma que há sete infernos, bem como sete rostos. Sete constelações no céu são consideradas sagradas. O número sete é usado em rituais ou objetos com um significado sagrado. Os adeptos da Fé usam estrelas de sete pontas, prismas de cristal e arco-íris como ícones da religião. Ritos de culto envolvem o uso de luz e cristais para representar o deus Sete-em-um.

Os lugares de culto das Sete são chamados de “septos”, onde são feitas artes para retratar cada um das Sete faces. Em septos da zona rural, podem ser usadas apenas máscaras esculpidas ou simples desenhos a carvão numa parede, enquanto em septos ricos, os Sete podem ser estátuas embutidas com pedras e metais preciosos.
Adoradores mantém velas acesas nos altares simbolizando cada uma das sete faces. Cerimônias são liderados pelo mais alto membro do clero masculino, e hinos são geralmente cantados. Na nomeação de uma criança, sete óleos são usados para ungir o bebê. Casamentos são realizados em pé entre os altares do Pai e da Mãe. Ritos de culto realizado em áreas ricas e em ocasiões especiais podem apresentar enfeites tais como corais de setenta e sete septas.

Septões
Os membros masculinos do clero da Fé são chamados de “septões”, há várias ordens de devoção, entre eles, cada um concentrando sua devoção em um aspecto dos Sete.
Por exemplo, há septões jurados do Ferreiro, estes usam martelos metálicos em uma corrente no pescoço. Septões sem septo vagam pelo campo, ministrando ao povo em troca de comida e abrigo. Eles são, por vezes desprezados como “irmãos mendigos”, e usam uma tigela de metal pequeno em seus pescoços.

Septãs
As sacerdotisas são chamadas “septãs”, e há várias ordens de devoção entre elas. Existem ordens de septãs, chamado septas branco, cinza ou azul, mas não é revelada a qual o aspecto da divindade de cada uma delas é dedicada. Há conventos de septas chamados ‘casasmães”. Septãs muitas vezes servem como governantas nas famílias da alta nobreza.

Irmãs silenciosas
É uma ordem separada para as mulheres que fazem votos de castidade e silêncio, elas manipulam os corpos dos mortos, e não são consideradas como septas.
As Irmãs silenciosas são muitas vezes chamadas de ‘Esposas do Estranho”. Elas se vestem de vinza e mantêm os rostos cobertos, exceto pelos olhos.

Os Mais devotos
A Fé é governada por um conselho do clero mais alto, chamado de “Os Mais Devotos”. A maioria dos devotos são lideradas pelo Alto Septão, um cargo eleito pela maioria. Embora o Alto Septão geralmente seja eleito entre os mais devotos, este não é um requisito. O Alto Septão renuncia ao seu nome quando assume o cargo. Geralmente usam uma grande coroa de cristal, enquanto desempenham suas funções. O Alto septão e Os Mais Devotos se reúnem no Grande Septo de Baelor em King’s Landing (Porto Real), um grande edifício de mármore branco, com sete torres de cristal. Antes da vinda dos Targaryen , a sede da Fé foi o ornamentado Septo em Oldtown , construído em mármore preto com vitrais.


OUTRAS RELIGIÕES

O Deus Afogado:

Mãe Roine:

R'hllor - O Senhor da Luz:

Crenças Valyrianas:


Última edição por Rei dos Sete Reinos em 23.04.15 18:48, editado 2 vez(es)
avatar
Mão do Rei
Admin

Mensagens : 54
Data de inscrição : 02/04/2015

Ver perfil do usuário http://gameofthronesrpg.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

MEISTRES DA CIDADELA

Mensagem por Mão do Rei em 20.04.15 16:14


Os Meistres são uma ordem de sábios, curadores, chefe dos correios e cientistas que são treinados em uma escola chamada de Cidadela. A Casa Hightower foi íntegra na fundação da Cidadela, e continua a proteger e cuidar da ordem. Como conselheiros para a nobreza Westerosi, os meistres amplamente substituíram a Guilda dos Alquimistas. Eles, algumas vezes, são chamados de "os guerreiros da mente".

A CIDADELA

A Cidadela é uma impressionante estrutura na cidade de Vilavelha, e é considerada o lar de todos os meistres. Aqui eles são submetidos aos seus treinamentos do momento em que eles chegam como noviços até eles conseguiram o título de meistre. Na entrada da Cidadela existem duas gigantescas esfinges verdes.

ORGANIZAÇÃO

Os meistres são sábios, cientistas, conselheiros para a nobreza e, ocasionalmente, pesquisadores do oculto. Homens de qualquer idade podem começar o treinamento de um meistre; mulheres não são permitidas a estudar ou entrar na ordem. Famílias nobres em Westeros costumam mandar seus filhos mais novos para a Cidadela. Um bastardo pode estudar na Cidadela e virar um meistre. Os meistres, como os irmãos da Patrulha da Noite, são considerados servos de Westeros e todos os seus povos e, na teoria, não possuem aliança política. Após terminar seu curso de estudo, um meistre é atribuído a um castelo, fortaleza ou outro estabelecimento, e é leal ao povo daquele lugar como um mentor, curador e conselheiro, independente das mudanças de controle naquele local. Por causa disso, um homem que recebe sua corrente perde o nome de sua Casa e, a partir desse momento, é conhecido apenas pelo seu título e primeiro nome. Na prática, alguns meistres ainda mantêm velhas alianças e lealdades.

Grande Meistre

O Grande Meistre é considerado o membro de posição mais elevada da Ordem e serve como seu representante para o Rei. Ele só pode ser feito ou desfeito Grande Meistre pelo Conclave. Ele tem seu lugar no pequeno conselho e age como o conselheiro do Rei. O Grande Meistre usa muitas correntes de meistre entrelaçadas, mas estas não refletem seus verdadeiros estudos. Suas correntes são adornadas por gemas.

Pycelle tem servido a sua função por mais de quarenta anos, embora seja mais leal à Casa Lannister do que ao reino.

Arquimeistre

O reconhecido "meistre" em qualquer área de estudo recebe o título Arquimeistre e uma máscara, anel ou báculo com o metal correspondente à sua área de conhecimento. Por exemplo, um arquimeistre que se especializa em cuidado dos corvos recebe uma máscara, anel ou báculo feito de ferro negro. Arquimeistres são membros importantes da Ordem e ganham o direito de sentar no Conclave.

O Conclave é o corpo governante da Cidadela e é o mesmo corpo que elege o Grande Meistre. Todas as sessões do Conclave são confidenciais e conduzidas de portas fechadas e somente na Cidadela.


Senescal

O Senescal é escolhido dentre os arquimeistres por sorteio. Um novo é escolhido a cada ano. O Senescal recebe a tarefa de governar a Cidadela. A maioria dos arquimeistres consideram isto uma tarefa ingrata, que os afasta de seus verdadeiros trabalhos.


TRADIÇÃO & CULTURA

Meistres começam seu treinamento como noviços na Cidadela. Uma vez que seus estudos começam e são vistos como habilidosos em algum curso particular, eles são testados e, se passarem, recebem um elo de um certo metal para refletir suas habilidades e conhecimentos. Um estudante com um elo é conhecido como acólito até ele conseguir completar sua corrente; só quando ele obtém vasto conhecimento em várias matérias e ganharam elos suficientes para formar uma corrente (para ser usada ao redor do pescoço) é que ele é considerado merecedor para avançar ao título de Meistre.

Uma noite antes de um acólito proferir seus votos para se tornar meistre, ele precisa ficar de vigília em uma sala com uma vela de vidro negro. Não lhe é permitido qualquer fonte de luz. Tem de passar a noite na escuridão, a menos que seja capaz de acendê-la. Existem sussurros de que os meistres já possuíram muito mais poder e influência do que eles admitem. Arquimeistre Marwyn suspeita que eles tiveram algum papel na morte dos dragões da Casa Targaryen. Algumas pessoas consideram a maioria dos meistres como opostos à magia e sua influência em Westeros.


O colar

O colar significa que os meistres não servem a si mesmos, mas sim são servos de toda Westeros. O colar consiste de vários elos de diferentes tipos de metal. As correntes são formadas de todos metais conhecidos pelo homem, mas quase nenhum meistre vai conseguir usá-los todos. Meistres nunca removem suas correntes, nem para dormir. De acordo com fontes semi-canônicas, é possível ter vários elos do mesmo metal.

Estes metais incluem:
Ferro negro (Corvoaria)
Latão
Bronze (Astronomia)
Cobre (História)
Electrum
Ouro amarelo (Economia e matemática)
Ferro (Arte da guerra)
Chumbo
Aço pálido (Ferraria)
Peltre
Platina
Ouro vermelho
Prata (Medicina e cura)
Aço
Estanho
Aço Valiriano (Magia e o oculto) - Apenas um em uma centena tem um elo de Aço Valiriano; o estudo da magia é desprezado pela maioria dos meistres.

Meistres se comunicam principalmente por corvos mensageiros. Um dos mais típicos deveres de um meistre é cuidar dos corvos do estabelecimento em que se encontram. Uma rara espécie de corvos brancos que são maiores e mais inteligentes que a maioria é mantida na Cidadela para importantes mensagens. Meistres também monitoram constantemente as estações. Quando as estações estão prestes a mudar, eles mandam corvos brancos para o reino inteiro para espalhar a notícia. Meistres que possuem habilidades em astronomia frequentemente observam os céus e estudam constelações.


Última edição por Rei dos Sete Reinos em 02.05.15 18:38, editado 1 vez(es) (Razão : a)
avatar
Mão do Rei
Admin

Mensagens : 54
Data de inscrição : 02/04/2015

Ver perfil do usuário http://gameofthronesrpg.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

CAVALARIA

Mensagem por Mão do Rei em 20.04.15 16:15



As histórias estão cheias de cavaleiros cintilantes e seus feitos magníficos, mas nem todos os cavaleiros são virtuosos, e nem todos nascem na nobreza. Muitos garotos sonham tornar-se cavaleiros um dia, e as meninas sonham em casar com eles. Jovens da nobreza podem começar o treinamento como pagens, aos 8 ou 9 anos, então tornando-se escudeiros de cavaleiros. Alguns podem obter o título de cavaleiro com meros 15 ou 16 anos. é claro que alguns homens nunca se tornam cavaleiros, e escudeiros velhos não são desconhecidos. A cavalaria é uma posição marcial. Assim, homens incapazes de pegar em armas não podem ser sagrados, mesmo que sejam filhos de lordes poderosos.

A cavalaria também é um assunto religioso. Assim é abraçada apenas por aqueles que cultuam os Sete. Homens do Norte que seguem os velhos deuses podem ser excelentes guerreiros, mas raramente são sagrados cavaleiros. A cerimônia tradicionalmente envolve uma vigília pela noite toda, o candidato trajando apenas uma veste de lã rústica. Ao amanhecer, o homem caminha descalço até o local onde um septão e um cavaleiro esperam por ele. O septão unta-o com sete óleos sagrados, e o cavaleiro toca em seu ombro com uma espada enquanto invoca os Sete.

Contudo, a cavalaria não exige esta cerimônia, na verdade, pois qualquer cavaleiro pode sagrar outro cavaleiro. O aspirante deve proferir seus votos solenes, e o cavaleiro pode conceder-lhe o título em nome dos deuses. Nobres, plebeus e até mesmo bastardos podem se tornar cavaleiros, mas nenhuma mulher já foi "cavaleira".

Cavaleiros recebem o título de "Sor" antes de seu primeiro nome. diz-se "Sor Jaime" ou "Sor Jaime Lannister", mas não "Sor Lannister". Chamar um cavaleiro de "Sor" é o estilo formal de dirigir-se a ele, e pode ser usado mesmo quando não se sabe o nome do cavaleiro. cavaleiros podem escolher o seu brasão pessoal que pode ser diferente de qualquer brasão de sua família. Contudo, apenas um filho legítimo tem o direito de herdar o brasão de seu pai. Em qualquer outro caso, deve usar seu próprio brasão.

Cavaleiros também podem receber terras e fortes (sendo conhecidos como cavaleiros com terras - ou, se forem muito bem sucedidos, Grandes Cavaleiros com Terras. Contudo, até mesmo os maiores e mais ricos cavaleiros têm menos autoridade legal que o menor dos lordes.

Cavaleiros costumam jurar serviço a um lorde específico e cumprir seu papel para manter a paz do lorde e impor sua lei. Aqueles que não têm lorde e vagam pela terra são chamadas de cavaleiros errantes. Costumam ser pobres e servir a qualquer um que lhe dê comida e abrigo.


Última edição por Rei dos Sete Reinos em 02.05.15 19:02, editado 1 vez(es)
avatar
Mão do Rei
Admin

Mensagens : 54
Data de inscrição : 02/04/2015

Ver perfil do usuário http://gameofthronesrpg.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

EVENTOS TRADICIONAIS

Mensagem por Mão do Rei em 20.04.15 16:19

O DIA DO SEU NOME: É o dia do nascimento. O dia em que se comemora o aniversário. Em Westeros recebe este nome, pois é no dia de nascimento que é registrado o nome da criança.

CASAMENTOS: Os costumes sobre o casamento variam de acordo com as terras e origens, ou seja, se seguem os deuses antigos, ou tenha a fé nos Sete ou no Deus Afogado. Antigamente existia a tradição da "Primeira Noite", mas os Targaryen proibiram essa prática. Normalmente, a união de um homem e uma mulher envolve uma troca de votos na presença de um Septão, uma Árvore-Coração ou sacerdote. Então é seguido por uma festa, onde os noivos comem e bebem com os convidados, então finalmente há a cerimônia da cama, na qual o noivo é carregado pelas mulheres e despido ao longo do caminho até a cama e a noiva é carregada pelos homens e igualmente despida. Esse costume deve ser aprovado pelo Lorde de maior status presente na cerimônia.

A união entre pessoas do mesmo sexo não é aceita.

Os Targaryen trouxeram de Valyria a tradição de casamento entre irmão e irmã para preservar a força do sangue. No entanto, isso nunca foi aceito na população geral, sendo considerado um tabu.

CAÇADAS: Caçadas são atividades rotineiras nas terras de Westeros, mas se tornam eventos tradicionais quando lordes recepcionam outros nobres, acredita-se que seja a melhor forma de promover entretenimento para homens, mas mais que isso, acredita-se que os anfitriões devem oferecer a fartura de suas terras aos convidados.

TORNEIOS: Dentre todas as diversões de Westeros, nenhuma é tão apreciada por plebeus e nobres quanto os torneios. Um torneio é um evento magnífico, parte espetáculo, parte esporte; uma ocasião que atrai guerreiros de todas as partes para competir por glórias e prêmios. Patrocinar um torneio e oferecer o prêmio são meios de aumentar a glória da uma casa. Em tempos de paz, quase sempre há um torneio em alguma parte dos Sete Reinos. As atividades mais comuns incluem justas, luta corpo-a-corpo e arquearia.

Justa: O principal evento de um torneio, em uma justa, competidores de armadura montam em seus cavalos, preparam suas lanças e investem contra seus oponentes tentando derrubá-los de suas montarias. Embora seja um esporte, justas são perigosas, e ferimentos - até mesmo morte - são um risco nessas competições.

Luta Corpo-a-corpo [liças]: Em geral os participantes se dividem em equipes de sete, mas algumas lutas podem envolver times de apenas dois ou mais de sete lutadores, especialmente quando o objetivo é "encenar" um evento histórico.
Arquearia:

Eventos Opcionais: Arremesso de facas ou machados contra alvos de palhas ou postes; Feitos de Força, como arremessos de pedras ou toras; Competições atléticas como corridas a pé, luta livre, escalada, rolamentos, etc.

Duelos e Lutas por Honra: Lutas e justas também podem ser usadas para resolver uma questão de honra. Os oponentes podem entrar em combate corporal, lutando até o primeiro sangue ou até a morte. da mesma forma, podem começar uma justa continuar lutando a pé, caso sejam desmontados, até que alguém se renda. Os parâmetros são definidos antes da luta e podem incluir batalhas de sete cavaleiros contra sete outros, um oponente pode escolher a natureza do duelo e outro pode escolher as armas, etc.
avatar
Mão do Rei
Admin

Mensagens : 54
Data de inscrição : 02/04/2015

Ver perfil do usuário http://gameofthronesrpg.forumfacil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CULTURA & TRADIÇÃO: COSTUMES & LEIS - "QUE SEJA FEITA A JUSTIÇA DO REI!"

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum